Conta Salário

Se você é empregado de empresa privada ou servidor e empregado de ente público conveniado ao Santander para o processamento do pagamento de seu salário, provento, soldo, vencimento, aposentadoria, pensão ou similar, saiba que você tem uma Conta Salário no Santander.

Isso mesmo, uma conta exclusiva para o recebimento e movimentação do seu salário ou similar.

E, ao receber o crédito nessa conta, você decide o destino que pretende dar ao seu dinheiro, isto é, você pode escolher manter o seu dinheiro na conta salário, transferir para uma conta corrente aqui no Santander ou até mesmo enviar para outra instituição financeira.

Nesta página você vai conhecer o que é a Conta Salário, suas características, forma de uso, o que você pode e não pode fazer e decidir a melhor forma de se relacionar com o Santander.

Entender a sua necessidade é o nosso compromisso. Por isso elaboramos um guia prático contendo "Perguntas e Respostas" sobre a Conta Salário, para fornecer a você informações de fácil compreensão, objetivas e transparentes. Mas se persistir alguma dúvida, entre em contato com o seu gerente para receber informações adicionais. Boa leitura!


1) Como surgiu a conta salário?

O Banco Central desde 2000 facultava às instituições financeiras a abertura de contas salários a pedidos dos empregadores, mas foi em 2006 que estabeleceu, por meio das Resoluções 3.402 e 3.424, regras específicas para o uso da conta salário.


2) O que é conta salário e quais as suas características?

É uma conta individual pessoa física, aberta a pedido de empresa/ente pagador que mantém contrato/convênio com determinada instituição financeira, para o processamento de sua folha de pagamento de créditos de salários, proventos, soldos, vencimentos, aposentadorias, pensões e similares. A conta salário não admite outros créditos, tem serviços limitados e não pode ser movimentada por cheques, só por cartão de débito.


3) Qualquer pessoa pode ter uma conta salário no Santander?

Não. A conta salário só pode ser aberta a pedido do empregador ou ente pagador que mantém contrato ou convênio de pagamento de créditos de natureza salarial com o Santander. O empregador/ente pagador informa os dados da pessoa que tem crédito de salário a receber e o Santander adota as providências para abertura da conta salário.


4) O cliente informado sobre a abertura da conta salário tem de adotar alguma providência?

Sim. O cliente tem de se dirigir à agência indicada para obter todas as informações sobre os serviços que podem ser realizados na conta salário, suas limitações e a forma de movimentação.


5) O cliente titular de conta salário que já tem o crédito automaticamente transferido para conta de livre movimento mantida no Santander tem de adotar alguma providência?

O cliente deve dirigir-se à Agência para formalizar esta opção. Até que compareça à agência, a transferência continuará sendo realizada mensalmente em sua conta de livre movimento.


6) O cliente titular de conta salário que já tem o crédito automaticamente transferido para conta de livre movimento mantida no Santander pode mudar a sua opção?

Sim. A transferência pode ser suspensa a qualquer momento a critério do cliente e o crédito mantido na conta salário. Para isso, basta o cliente se dirigir a sua agência e formalizar o seu pedido.


7) O que é Portabilidade de Salário?

É o direito de o cliente titular de conta salário solicitar a transferência do crédito feito pelo empregador para o banco de sua preferência.


8) De que forma o cliente efetua a transferência do crédito de salário para uma conta corrente ou de poupança no Santander ou em outra instituição?

O cliente deve solicitar uma única vez e diretamente ao Santander e assinar o respectivo termo de transferência. Esse procedimento não tem qualquer custo e tem caráter automático e permanente. Para isso, basta o cliente se dirigir a sua agência e formalizar corretamente o seu pedido.


9) A data de pagamento do salário é mantida com a Portabilidade para outro Banco ou com a transferência automática para uma conta de livre movimento?

Sim. O crédito do salário será feito na mesma data em que você recebe o seu salário, observado os horários previstos pelos normativos do Banco Central do Brasil e do Conselho Monetário Nacional.


10) O processo de Portabilidade de Salários ou de transferência automática para uma conta corrente no próprio banco pagador tem envolvimento com o RH do empregador?

Não há qualquer envolvimento com o RH do empregador. A solicitação é feita diretamente ao Banco em que o cliente recebe seu salário.


11) Quais os canais de atendimento/relacionamento disponíveis para o cliente conta salário?

Auto Atendimento e Rede de Agencia.
Observação: a conta salário não permite acesso aos canais de Internet Banking e Central de Atendimento Santander.


12) Quais as transações que podem ser realizadas na conta salário?

• 5 Saques no ATM ou Caixa, por evento de crédito.
• 2 Consultas de saldo no ATM ou Caixa, mensais.
• 2 Extratos de 30 dias no ATM, mensais.
• 1 TED por mês.

As transações que superarem os limites serão tarifadas, conforme regulamentação do Banco Central, especialmente a Circular 3.338/2006.


13) Quais os normativos que regem a Conta Salário e a Portabilidade de Salário?


• Resolução n.º 3.402, de 06 de setembro de 2006, do Conselho Monetário Nacional;
• Resolução n.º 3.424, de 21 de dezembro de 2006, do Conselho Monetário Nacional;
• Circular n.º 3.338, de 21 de dezembro de 2006, do Banco Central do Brasil.

 

Clique aqui para tirar uma dúvida ou falar com a gente através de um dos nossos canais de relacionamento.

Acessar


Explore o Santander esconder
Não localizou alguma informação?
Utilize o

Institucional Segurança